quarta-feira, 5 de agosto de 2009

autoconhecimento

A flor da pele
a epiderme, a derme
e o que vem depois dela. O corpo dentro, alma, eu infinito.
A casca que descasca tem outra embaixo.
A nova. Ela também vai des.
Descobri o que tem embaixo.
Embaixo ainda é nova.
E velha: a flor da pele.
Ave fosse, estaria trocando penas
para voar.

3 comentários:

omnia in uno disse...

ela voltou!

e tá por dentro, lá dentro...!! adorei, clarinha!

beijo grande

Colageno de Dona–Turu disse...

...planta fosse, estaria por desabrochar...

Sabrina disse...

ah, o seu anjo não foi demitido, só estava de retiro, a trocar penas....